Município de Estarreja distinguido por boas práticas de política familiar

Galardão é hoje entregue em Coimbra

Estarreja está no grupo dos 37 municípios portugueses que vão ser distinguidos pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, com o título "Autarquia + Familiarmente Responsável 2013".

Quarta, 06 de Novembro 2013

Estarreja está no grupo dos 37 municípios portugueses que vão ser distinguidos pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, com o título "Autarquia + Familiarmente Responsável 2013". Nesta 5ª edição elevam-se para 25 os municípios que são distinguidos pelo terceiro ano consecutivo, como é também o caso de Estarreja.

A Vereadora da Ação Social, Rosa Simão, destaca o Fundo Municipal de Apoio Social +Estarreja, criado pela Câmara para apoiar famílias que se encontrem em situação de emergência social, a nova Escola Sul Visconde de Salreu e as melhorias no parque escolar.

Este reconhecimento resulta de um inquérito realizado pelo Observatório a nível nacional ao qual responderam 98 autarquias e onde foram analisadas as políticas de família dos municípios em dez áreas de atuação: 1. apoio à maternidade e paternidade; 2. apoio às famílias com necessidades especiais; 3. serviços básicos; 4. educação e formação; 5. habitação e urbanismo; 6. transportes; 7. saúde; 8. cultura, desporto, lazer e tempo livre; 9. cooperação, relações institucionais e participação social; 10. outras iniciativas. São ainda analisadas as boas práticas das autarquias para com os seus funcionários autárquicos em matéria de conciliação entre trabalho e Família.

A cada município vencedor irá ser entregue a bandeira verde da iniciativa «Autarquia + Familiarmente Responsável 2013» numa cerimónia a ter lugar esta quarta-feira, dia 6 de novembro, pelas 17h, no Auditório da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, em Coimbra.

“Este prémio tem como principal objetivo dar visibilidade às autarquias com boas práticas e incentivar as restantes a fazerem mais e melhor no âmbito das políticas de apoio à família”, afirma Teresa Ribeiro, Membro do Observatório. “De acordo com os testemunhos dos municípios aderentes, esta iniciativa favorece o diagnóstico interno e promove a cooperação entre as autarquias”, acrescenta.

Os dados recolhidos através dos inquéritos encontram-se disponíveis no site do Observatório, em www.observatorioafr.org, permitindo a todos os interessados ficar a conhecer o trabalho desenvolvido pelos municípios vencedores, bem como dos restantes participantes.

 

Sobre o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis
A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas iniciou, em Janeiro de 2002, uma colaboração com as autarquias no sentido da construção de uma Política Autárquica de Família. Na sequência deste trabalho, a APFN decidiu alargar-se para um novo conceito: as AFR - Autarquias Familiarmente Responsáveis. Partindo deste novo modelo, a partir de 2007 procedeu à realização de inquéritos junto dos municípios do país com vista a um levantamento exaustivo das boas práticas existentes. Após esse trabalho, a APFN criou um Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) e é nesse seguimento que, remetendo ao evento deste ano, se realiza a 5ª edição da iniciativa «Autarquia + Familiarmente Responsável».