Crescimento económico numa Cidade que valoriza a Cultura e a Coesão Social

Sábado, 28 de Janeiro 2017


A dimensão cultural é uma vez mais enaltecida no aniversário da Cidade de Estarreja que cumpriu 12 anos de existência no dia 26 de janeiro. A Banda Bingre Canelense sobe ao palco do Cine-Teatro de Estarreja amanhã à noite para cantar os parabéns à cidade estarrejense. É essa “política cultural forte” que o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, começa por sublinhar na mensagem que dirige aos estarrejenses nesta efeméride.

“Não havendo sociedade evoluída que não viva e conviva sem uma política Cultural forte, temos empenhado tempo e recursos nesta faceta importante que tem elevado o nome da jovem cidade no panorama nacional”, afirma Diamantino Sabina dando alguns exemplos, como o palco que acolhe o concerto comemorativo, o Cine-Teatro Municipal cuja programação transversal tem conquistado diversos públicos, ou o ESTAU – Estarreja Arte Urbana, cuja primeira edição de 2016 veio colorir o espaço público e expor a arte nas ruas, numa ação bastante reconhecida pela população local.

Estarreja foi elevada a Cidade em 2005, uma nova categoria que acabou por desafiar novos parâmetros de desenvolvimento para o território. Desde então, “Estarreja tem evoluído positivamente e as nossas almas irrequietas não param de querer mais”, diz o líder do atual Executivo Camarário que acredita num “Concelho cada vez mais desenvolvido e sustentável, em termos económicos, sociais e ambientais e estamos a consegui-lo”.

A estratégia económica é, sem dúvida, uma das bandeiras da atual equipa em funções desde 2013 e o crescimento do Eco Parque Empresarial de Estarreja tem sido um fator importante para alavancar essa política. “Fixamos 9 novas empresas e 4 das 17 já existentes investiram e ampliaram as suas instalações. Vendemos 21 lotes, com uma área total de 206.605 m2, e no valor correspondente de 2.881.561,04 €! Muito brevemente, teremos adquirido cerca de 1 500 000 m2 de terreno para lotear e instalar novas empresas”, anuncia Diamantino Sabina.

Como não podia deixar de ser, o pequeno comércio também é considerado nesta equação. A reabilitação em curso no Mercado e Feira municipais que, “com um investimento global de 2.000.000,00€ em breve estarão ao serviço da comunidade”, irá contribuir “para tornar o centro urbano da Cidade muito mais bonito, vivo e dinâmico para todos”, valorizando o comércio local.

Uma Cidade desenvolvida e com qualidade de vida, valoriza os seus Munícipes e as políticas sociais e de apoio à Educação. Diamantino Sabina exemplifica que “em termos fiscais, desde o início do mandato, devolvemos aos cidadãos mais de 700 000€ por ano! Em termos sociais implementámos o apoio à vacinação não contemplada no plano nacional, o apoio ao arrendamento e a oferta dos livros a todos os alunos do primeiro ciclo”, dando apenas alguns exemplos.

Estarreja é uma cidade situada no Distrito de Aveiro, Região Centro e subregião do Baixo Vouga, com cerca de 11 mil habitantes. É sede de município com 108,11 km² de área e 27 mil habitantes, subdividido em 5 freguesias. A cidade é banhada pelo Rio Antuã, que delimita as freguesias de Beduído, pelo Sul, e de Salreu, pelo Norte.