Jornais locais centenários são recebidos pelo Presidente da República

Segunda, 24 de Abril 2017


Por terem mais de um século, O Jornal de Estarreja e O Concelho de Estarreja vão ser recebidos pelo Presidente da República, em cerimónia a efetuar no dia 25 de abril. Os dois jornais pertencem ao grupo, já restrito, das 31 publicações centenárias portuguesas, que se publicam em diversos pontos do país.

No dia em que se comemoram os 43 anos de Democracia, Marcelo Rebelo de Sousa receberá no Palácio de Belém os representantes da Associação Portuguesa de Imprensa (API) e das 31 publicações periódicas centenárias, para lhes manifestar o reconhecimento por tão longa atividade.

A data para esse reconhecimento foi escolhida pelo seu simbolismo, uma vez que a Revolução dos Cravos, em 1974, permitiu devolver aos portugueses os direitos, garantias e liberdades fundamentais, entre elas a liberdade de Imprensa.

A iniciativa de reconhecimento da Imprensa centenária portuguesa como Património Cultural Imaterial partiu da API, a instituição representativa da Imprensa de Portugal, e mereceu o apoio do Presidente da República.


A API refere que “conseguir manter a publicação durante mais de cem anos, vencendo as diversas crises, testemunhando guerras e catástrofes, enfrentando ditaduras e repressões de vária ordem, é uma exemplar demonstração de persistência, de coragem e de crença nos valores da liberdade de informação e na importância da Imprensa. Uma importância, aliás, que é mesmo reconhecida pela ONU (Organização das Nações Unidas), cuja Assembleia Geral instituiu, em 1993, o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, a celebrar a 3 de maio de cada ano.”

O início da publicação destes jornais portugueses vai desde 1835 até 1917. O Jornal de Estarreja foi fundado em 1883 e O Concelho de Estarreja em 1901. Estarreja é dos poucos municípios deste país onde existem dois jornais com esta idade. Também com duas publicações estão igualmente os municípios do Porto, Coimbra e Ponta Delgada, e com três publicações centenárias a capital do país, Lisboa.

As duas publicações estarrejenses foram distinguidas com Medalha de Mérito em 2001 pelo Município de Estarreja.