Jovens apresentam ideias inovadoras

Sexta, 16 de Fevereiro 2018


Alunos das escolas dos munícipios de Estarreja e Vagos apresentaram à população e a mais de 400 colegas a sua veia empreendedora e os seus projetos de negócios. O VI Seminário de Empreendedorismo Jovem decorreu no passado dia 2 de fevereiro, no Cine-Teatro de Estarreja.

 

O evento foi o culminar do TOP CAMPUS, atividade de formação intensiva em regime residencial para um total de 50 alunos dos 10º ao 12º anos das escolas dos municípios de Estarreja, Vagos e Ovar, que incluiu o TOP Campus Escola e o Top Campus Natal.

 

A Pousada da Juventude de Viseu serviu de incubadora para os alunos elaborarem, debaterem e desenvolverem as suas ideias de negócios. O TOP Campus Natal direcionado para os alunos dos 10º e 11º anos realizou-se nos dias 19 e 20 de dezembro. O TOP Campus Escola juntou alunos do 12º ano durante uma semana que antecedeu o Seminário.

 

Maturidade apesar da juventude

 

Apesar da idade juvenil dos autores dos projetos, a grande maioria apresentou bastante maturidade e exequibilidade, sendo que as ideias expostas foram assentes em pressupostos sólidos e visam responder à necessidade da população e do mercado.


Assim, os projetos apresentaram como denominador comum a elaboração de planos de negócios, estudos de mercado, pesquisa de concorrência, pelo que  incluíram ainda estratégias de divulgação e apresentação de parceiros estratégicos para o sucesso dos mesmos.

 

Diversidade dos projetos dificultou a decisão do júri

 

As ideias apresentadas enquadravam-se nas mais diversas áreas de atuação, o que terá sido uma dor de cabeça aquando da atribuição dos vencedores. Saúde, alimentação, moda, segurança, comercio tradicional, sustentabilidade e voluntariado foram algumas das áreas em questão. Após um minucioso processo de decisão, o júri, constituído por elementos da AIDA – Associação Industrial do Distrito de Aveiro, da CIRA - Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e da Câmara Municipal de Ovar, elegeu três vencedores.

 

Pulseira pode salvar vidas

 

Do Agrupamento de Escolas de Estarreja destacou-se o projeto ACASAVE: um grupo do 12º do curso de Gestão criou uma pulseira que pode salvar vidas. O dispositivo destina-se ao uso em praias, e regista e transmite em tempo real os batimentos cardíacos do utilizador quando este está na água. A pulseira, que ainda não têm protótipo, pretende cativar o cliente pela usabilidade e design moderno.

 

Ajudar a melhorar a alimentação

 

Da Escola Secundária de Vagos, o vencedor foi o projeto HEALTH4YOU. A aplicação pretende melhorar a alimentação dos portugueses, de forma personalizada. Atráves da informação acerca do peso e altura do utilizador, esta gerará a quantidade de legumes, proteína e hidratos de carbono que este deverá colocar no prato em cada refeição.

Finalmente, e no que diz respeito ao TOP Campus Natal o único projeto concorrente foi naturalmente o vencedor. O Spoonfull pretende também melhorar os hábitos alimentares dos consumidores.

 

Entidades elogiam iniciativa

 

O presidente da Câmara Municipal de Estarreja abriu o VI Seminário de Empreendedorismo Jovem e aproveitou para valorizar este tipo de iniciativa. Diamantino Sabina destacou a proatividade dos jovens e aplaudiu os projetos que foram sendo apresentados.
 

Já o vereador da Educação e Juventude da Câmara Municipal de Estarreja estabeleceu um paralelismo entre a atualidade e os seus tempos de escola, e concluiu que não há comparação possível. João Alegria frisou a importância que estas atividades têm “no crescimento pessoal e profissional dos jovens” e pediu aos alunos que valorizem e aproveitem estas oportunidades de networking.


Na conclusão do evento, o Diretor do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Jorge Ventura, também salientou o “quão importantes são estas atividades”, e aproveitou para agradecer tanto à Câmara Municipal de Estarreja como aos docentes, que sempre apoiaram a participação dos seus alunos no TOP Campus.

 

Vencedores viajam até Barcelona

 

Os autores dos projetos vencedores tiveram como prémio uma viagem a Barcelona, onde poderão conhecer a realidade e dinâmica da cidade, e eventualmente enriquecer e lapidar as suas ideias de negócio. Para isto, contribuiu o apoio da DOW Portugal, entidade que apoia o programa municipal de empreendedorismo desde 2010.

 

O TOP é um programa de empreendedorismo jovem que pretende fomentar competências empreendedoras nos jovens, promovendo o seu crescimento pessoal e potenciando a capacidade criativa, desenvolvido pelos Municípios de Estarreja e Vagos no âmbito do projeto europeu Youth Inclusive Entrepreneurship Lab, financiado pelo programa Erasmus + Juventude em Ação. São parceiros europeus deste projeto os Municípios de Cinisello Balsamo (Itália), Karditsa (Grécia), Caracal (Roménia) e Rezekne (Letónia).

 

Este projeto de educação não-formal contou com a colaboração das escolas de ambos os Municípios (Estarreja e Vagos), proporcionando aos alunos a possibilidade de interagirem entre si. O Agrupamento de Escolas de Estarreja e o seu Núcleo/Clube de Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja é um dos parceiros do programa desde o seu início.