Musical faz uma viagem à descoberta da adolescência

Apertem os cintos de segurança, pois o palco do Cineteatro de Estarreja, no próximo sábado, dia 10, às 21h30, vai atingir velocidades e alturas máximas com o musical “Montanha-Russa”. Este teatro musical reúne quatro personagens e retrata uma viagem cheia de emoções pela descoberta da adolescência.

Quinta, 08 de Novembro 2018


Concebido por Miguel Fragata e Inês Barahona, a que se juntam Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo – o compositor e a vocalista dos Clã, Montanha-Russa é um espetáculo em que o teatro e a música disputam o palco, desafiando as convenções do “teatro musical”, como quem desafia as leis da gravidade num loop.

“Montanha-Russa” mergulha vertiginosamente na adolescência. Retira-a do lugar dos lugares-comuns e procura aproxima-la da dimensão da intimidade. Uma dimensão secreta, privada, interior, mas que vive no desejo de ganhar um palco onde se possa exibir. E o diário deixado em cima da mesa, o diário destilado nas redes sociais, ou o diário perigosamente transportado para o liceu: uma intimidade a gritar “leiam-me!”, uma geração a querer fazer-se ouvir ao som da música. 

A iniciativa municipal “Boca(s) de Cena”, do Laboratório de Aprendizagem Criativa, levou o encenador Miguel Fragata e a dramaturga Inês Barahona até à Escola Secundária de Estarreja, onde passaram um dia com os alunos e revelaram um pouco do que está por detrás da cortina, falando do processo de criação deste espetáculo que foi antecedido por um extenso trabalho de pesquisa junto de várias centenas de adolescentes, no território nacional e também na região da Normandia, em França.

Numa conversa informal com os jovens estudantes, os criadores do musical contaram que os “diários escritos por adolescentes entre as décadas de 1970 e 2000, letras de canções, filmagens, entrevistas e audição de jovens sobre questões que os preocupam, e que os autores designaram por “confessionário”, foram o ponto de partida para a peça”. E que estas vivências, dúvidas e angústias, com uma distância temporal significativa, são as mesmas que apoquentam os jovens de hoje.

Preparado para embarcar nesta viagem?

Descubra mais sobre o espetáculo Montanha-Russa.