Candidatura do Projeto ESTA Integra E7G aprovada

Boas notícias! O Projeto ESTA Integra vai continuar a ser desenvolvido em Estarreja, em resultado da aprovação da candidatura ao Programa Escolhas 7ª Geração pelo Alto Comissariado para as Migrações. O projeto terá a duração de um ano, podendo ser renovado para 2010, e terá início no 1 de março, com sede na Escola Básica da Congosta, em Avanca.

Quarta, 20 de Fevereiro 2019


O projeto visa promover a inclusão social de crianças e jovens provenientes de contextos mais vulneráveis, particularmente de descendentes de migrantes e de crianças e jovens ciganos, a igualdade, a não discriminação e o reforço da coesão social. Desenvolverá três medidas: educação, formação e qualificação; emprego e empreendedorismo; e dinamização comunitária, participação e cidadania.

A candidatura foi apresentada pela Câmara Municipal de Estarreja, entidade promotora, e terá como parceiros o Centro Paroquial de Santa Marinha de Avanca, como entidade gestora; o Agrupamento de Escolas de Estarreja; a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Estarreja; a Cerciesta; a Associação de Solidariedade Estarrejense; a Junta de Freguesia de Avanca; e a SEMA, Associação Empresarial, que constituem o Consórcio de Parceria. O Projeto ESTA Integra conta com o financiamento de 58.800,00€ anual do Programa Escolhas, bem como do apoio logístico e de recursos humanos dos restantes parceiros.

452 pessoas apoiadas pelo projecto ESTA Integra E6G

Com a palavra de ordem “Integrar”, em apenas dois anos e oito meses, o projeto ESTA Integra E6G apoiou 452 pessoas. Dedicado à integração escolar e social das comunidades ciganas do concelho, no final do ano de 2018, na Biblioteca Municipal de Estarreja, foram dados a conhecer os resultados do projeto que trabalhou, em proximidade, com crianças, jovens e adultos de etnia cigana.

Inserido no Programa nacional Escolhas, o ESTA Integra E6G foi direcionado à comunidade cigana através de atividades nas áreas das artes, dança, música, artesanato, apoio escolar, iniciação às TIC, saúde e higiene, vida saudável, entre muitas outras, e teve por missão promover a inclusão social de crianças e jovens de contextos socioeconómicos vulneráveis, visando a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social.

Na opinião de João Alegria, vereador da Educação, “mais do que os números que alcançamos e estabelecidos na candidatura, foram as pequenas, grandes vitórias que conquistamos a trabalhar com estes jovens estudantes que valorizamos como a redução do abandono escolar e a sensibilização para as questões da saúde e da sexualidade”.

Emiliano Monteiro, um dos jovens que fez parte deste projeto, espera que o ESTA Integra E6G regresse brevemente. “Vou sentir falta, porque foi a partir deste projeto que tive a oportunidade de conhecer novas cidades, novas atividades extracurriculares, novos amigos mas, acima de tudo, ajudou-me a ser educado principalmente com os professores”, contou o jovem que frequenta o 9.º ano.

Nuno Lopes, o coordenador do projeto, falou dos resultados do ESTAIntegra e espera também que este consiga voltar ao terreno já no próximo ano. “É com muita tristeza que vejo este programa chegar ao fim. Só conseguimos alcançar na plenitude a confiança e a proximidade com a comunidade cigana há pouco tempo. Neste momento já sabem o que temos para oferecer e já nos permitem abordar assuntos que são tabu para eles como a saída da escola numa fase prematura e a gravidez precoce”.

O projeto ESTA Integra trabalhou desde 2016 em proximidade com crianças, jovens e famílias das comunidades ciganas do concelho de Estarreja, tendo como objetivos fomentar a cidadania, incentivar o diálogo intercultural, facilitar a comunicação entre comunidade cigana e não cigana, contribuir para o sucesso escolar e promover uma participação cívica, social e comunitária. E foi realizado em parceria pela Câmara Municipal de Estarreja, Centro Paroquial Social de Santa Marinha de Avanca, Agrupamento de Escolas de Estarreja, Associação de Solidariedade Estarrejense, Cerciesta, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Estarreja e Junta de Freguesia de Avanca.